Atendimento

0

Entregamos

em todo Brasil

Grátis

Para todo o Brasil

Pague com cartão

em ate 4x s/ juros

Compre

com segurança

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

A suplementação de colágeno é absorvida pelo nosso corpo?

Sim. Hoje em dia já sabemos que nosso intestino absorve dipeptídeos e tripeptídeos bioativos de colágeno, bem como seus aminoácidos constituintes liberados após ação das enzimas digestivas.

É possível aumentar a produção do colágeno somente com alimentação saudável?

Com o envelhecimento e após a menopausa (no caso de mulheres) há uma redução drástica da síntese endógena de colágeno, o que faz ter ainda mais benefícios com a suplementação de colágeno.

 

Quais outros fatores do estilo de vida influenciam na produção do colágeno?

Estresse, tabagismo, alcoolismo, consumo de frituras, excesso de açúcar e carboidratos refinados, sedentarismo, sono ruim, baixo consumo de proteínas, carência de nutrientes obtidos na alimentação como vitamina C, ferro e cobre podem levar à menor produção e maior degradação do colágeno. 

 

Qual a diferença da suplementação de colágeno com os cuidados externos da pele, unhas e cabelos (produtos, cremes)?

O colágeno oferece substrato para que células chamadas de fibroblastos produzem o colágeno pelo organismo. Os cremes e produtos de beleza apenas promovem a hidratação ou oferecem antioxidantes externos, mas não alteram a síntese endógena de colágeno e ácido hialurônico.

Quais benefícios posso esperar da suplementação de colágeno?

- Melhora da firmeza e elasticidade da pele.

- Melhora da hidratação da pele.

- Melhora da saúde intestinal.

- Redução da queda de cabelo.

- Melhora da saúde articular.

 

Em quanto tempo verei resultados?

Os estudos com colágeno mostram que já começa a ter resultados em 2 a 3 meses.

 

A suplementação de colágeno tem contraindicações?

Não há contraindicações citadas na literatura científica para uso de colágeno. Contudo, é importante ressaltar que o colágeno é de origem animal, não sendo utilizado por veganos e vegetarianos.

 

Quais as diferenças dos tipos de colágenos?

Colágeno tipo 1: mais específico para hidratação e firmeza da pele.

Colágeno tipo 2: voltado à saúde articular, sendo amplamente utilizado no tratamento da osteoartrite e artrite reumatoide.

Peptídeos de colágeno: relacionados à saúde da pele, cabelo e unhas.

Colágeno hidrolisado: proteína do colágeno que passa por um processo de hidrólise enzimática a fim de fornecer os aminoácidos específicos para que o organismo produza o próprio colágeno.


 

{Rastreio seu pedido aqui https://rastreio.conexaopremium.com.br/?t=R0YgU1VQTEVNRU5UT1M}